quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Dedico um Poema a todos os meus amigos e amigas. Feliz Natal, Sucesso em 2010!!!



Viagem dos meus Sonhos.




Na viagem dos meus sonhos eu vi a felicidade passar
Na viagem dos meus sonhos eu vi o amor chegar
Na viagem dos meus sonhos eu vi a lua a observar
Na viagem dos meus sonhos eu vi o sol brilhar
Na viagem dos meus sonhos eu senti o vento soprar.


Na viagem dos meus sonhos eu vi o sorriso do menino nos alegrar
Na viagem dos meus sonhos eu vi a tempestade passar
Na viagem dos meus sonhos eu senti o amor magoar
Na viagem dos meus sonhos eu vi o amigo ficar
Na viagem dos meus sonhos eu vi o sabiá cantar.


Na viagem dos meus sonhos eu senti a brisa molhar
Na viagem dos meus sonhos eu vi a felicidade nos visitar
Na viagem dos meus sonhos senti a fúria do mar
Na viagem dos meus sonhos eu vi a vida passar
Na viagem dos meus sonhos eu vi correnteza do rio beijar.

Na viagem dos meus sonhos eu vi o Natal chegar
Na viagem dos meus sonhos eu vi o Ano Novo se apresentar
Na viagem dos meus sonhos eu senti o meu acordar
Na viagem dos meus sonhos eu senti o poema me tocar
Na viagem dos nossos sonhos eu deixei o sonho me levar e as estrelas a nos guiar.


Autor: RAIMUNDO COSTA

sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

Visita do Prefeito e Vice-Prefeito de Campo Grande em Brasília/DF.



Tivemos a honra de receber aqui no Ministério do Desenvolvimento Agrário - MDA, na Secretaria de Reordenamento Agrário - SRA, o Prefeito e Vice Prefeito de Campo Grande/RN, respectivamente o Bibi de Nenca e Caramuru.

A agenda marcada aqui em Brasília, especificamente na SRA, foi para entregar pedido de projeto para regularização de imóveis no município de Campo Grande, inclusive da área urbana.


Foto: Mischelle Rusche.(Caramuru, Bibi de Nenca, Raimundo Costa e Francisco Urbano)

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Estado da Bahia realiza evento com Rede de Apoio do Crédito Fundiário.

Participei nos dias 14 e 15 de dezembro de um Seminário do Programa Nacional de Crédito Fundiária, realizado pelo Governo da Bahia - CDA, em Feira de Santana/BA.

O evento contou com participação de mais de 80 pessoas, servidores públicos, dirigentes das associações de beneficiários do Programa, Dirigentes da Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado da Bahia e diversos representantes de Organizações Não Governamentais.

Os principais temas do evento foram, a retomada da execução do Programa naquele Esado, procedimentos de análise e fluxo das propostas, bem como discussão vasta sobre a questão ambiental no PNCF.

Parabéns aos Diretores da CDA pelo excelente evento e a todos os parceiros que deram sua importante colaboração ao programa no evento.

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Pesquisa VOX-POPULI - Dilma sobe e Serra cai.

A Vox-Populi anunciou em pesquisa recentemente realizada, que o pré-candidato a Presidente da República Joseé Sera (PSDB), cai de 40% para 36% das intenções de Voto.  Já a Ministra Dilma, pré-candidata do PT, sai de 16%  para 19% das intenções de voto.

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Mensalão do DEM em Brasília. Arruda pede para sair.

Depois de muitas expectativas em torno da expulsão de José Roberto ARRUDA, ele se antecipa e anuncia a sua saída do DEM.  Afirmou que não será candidato em 2010 e vai se dedicar a administração do DF.
Ele esqueceu de dizer também que terá de se denfender do 11 pedidos de impedimento contra ele.

domingo, 6 de dezembro de 2009

Uma vez Fla, sempre Flamengo!!!

A todos da NAÇÃO RUBRO NEGRA parabéns, ser HEXA é um grande feito para histório desse time de massa.

Uma vez FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO!!!

Entrevista com Manoel Cândido da Costa – Presidente da FETARN



Quem esteve participando do II Seminário Nacional de Avaliação e Planejamento do PNCF, em Anápolis/GO, no período de   2 a 4/12/09,   foi o companheiro Presidente da FETARN, Manoel Candido da Costa, aproveitamos a oportunidade e conversamos sobre o programa, onde e ele fez uma breve avaliação do Projeto de Crédito Fundiário no RN e do Seminário. Também pela FETARN esteve no evento o companheiro Engenheiro Agronomo Obdon Fernandes, Assessor da FETARN.



RC – Manoel Candido, que avaliação você faz do Programa no RN?


MC – Primeiro é importante destacar a importância econômica e social que esse programa tem para o Brasil e especificamente para o Rio Grande do Norte. Vendo os dados do Programa, percebe-se que o Rio Grande do Norte vem fazendo bem o seu dever de casa, tendo em vista que o Programa é descentralizado, sendo executado pelo Governo do Rio Grande do Norte, em parceria com a FETARN e outras organizações.


RC – Quanto ao desempenho do Programa, os resultados são satisfatórios?


MC – Veja só, o programa no RN, em todo esse período de 2002-2009, já assentou 4.696 famílias, adquirindo em torno de 99.200 hectares de terras para assentar essas famílias. Outro aspecto importante é quando falamos no volume de recursos que entra no Estado e faz circular na economia local, por exemplo os recursos dos Sub-projetos de investimentos comunitários (SIC), são algo em torno de R$ 33.170 milhões de reais, de recursos não reembolsáveis (ou a fundo perdido como é conhecido popularmente), que circula nos diversos municípios, aquecendo a economia local e ajudando o desenvolvimento desses municípios, sem falar nos recursos da compra da terra que já passam dos R$ 88,062 milhões de reais.


RC – Você considera o Programa Nacional de Crédito Fundiário como um dos componentes importantes para o Desenvolvimento Local?


MC – Eu entendo que a Reforma Agrária, o fortalecimento da agricultura é a principal política pública que pode alavancar de sobre maneira o desenvolvimento dos nossos municípios, se bem articuladas com outras políticas poderemos superar um monte de mazelas que ainda assola o meio rural.


Se pegarmos apenas as informações do Crédito Fundiário vamos ver que o custo para assentar uma família no RN fica em torno de R$ 25, mil reais, incluindo os recursos da terra e da infra-estrutura, esse custo se dividirmos por uma família composta por quatro membros vamos ver que estamos gerando um emprego no meio rural com apenas R$ 6,4 mil reais, esse custo não existe em nenhuma outra atividade no mundo. Além do mais cada família assentada pode alavancar bem mais recursos por intermédio do Pronaf.


RC – E quanto aos resultados do Seminário?


MC – Como se vê apesar do resultados positivos do Programa, muito ainda precisa-se avançar, pois em todas as discussões estão presentes a necessidade de garantir uma Assistência Técnica de qualidade, que realmente chegue aos agricultores e agricultoras; Outro aspecto é a qualificação da Capacitação Inicial, que precisa ser aperfeiçoada, sendo gerida pela Unidades Técnicas Estaduais e com a participação do Movimento Sindical de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais, e bem como o tema ambiental, principalmente no que diz a preservação e o destravamento da burocracia para se obter o licenciamento das áreas, tendo em vista as exigências legais, que muitas vezes os agricultores não conhecem. Esse evento foi de grande importância para todos aqueles que trabalham no Programa, nessa grande parceria entre Governo e Sociedade Civil. Saímos daqui com o compromisso de avançar no aperfeiçoamento da implementação do Programa.


RC – Manoel, muito obrigado pela entrevista, e o nosso próximo papo será sobre a sua pré-candidatura a Deputado Estadual e sobre o Congresso da FETARN no próximo ano.


MC – De nada, e com certeza faremos essa conversa sobre a minha pré-candidatura a Deputado Estadual pelo Partido dos Trabalhadores no RN. E com certeza sobre esse importante momento para os trabalhadores e trabalhadoras rurais do RN que vai ser o nosso Congresso em fevereiro de 2010. Obrigado.

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

II Seminário Nacional do Programa Nacional de Crédito Fundiário, em Anápolis/GO


A Secretaria de Reordenamento Agrário – SRA, do Ministério do Desenvolvimento Agrário-MDA, iniciou agora a tarde as 14 horas, o seu II Seminário Nacional do Programa Nacional de Crédito Fundiário. O evento se inicia hoje, dia 2 e encerra-se no próximo dia 4 de dezembro de 2009. O principal objetivo do evento é avaliar a execução do PNCF e traçar novas estratégias para o Programa.


Sucesso a todos por esse importante evento para reforma agrária brasileira.

Preto: Eu assisiti pela televisão quando o Presidente Lula disse: Se ao final do meu Governo cada Brasileiro tive tomado café, almoço e jantar, eu tenho certeza do dever cumprido. E queria dizer a ele agora, que lá no Piauí, eu, nós e não são poucos que já tomam café, merenda, almoça, merenda e janta.

Preto é Presidente da Central das Associações do Crédito Fundiário no Piauí.

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Governo Lula é melhor que o de FHC para 76% dos brasileiros, aponta CNT/Sensus.

Pesquisa CNT/Sensus, divulgada nesta segunda feira (23), comprova que a grande maioria do povo brasileiro considera o governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva muito melhor do que o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB).

Para 76%, os sete anos do governo Lula são melhores que os oito anos da era FHC, 10% acreditam que Fernando Henrique foi melhor e 11,1% afirmaram que os dois governos são iguais. A pesquisa CNT/Sensus foi realizada entre os dias 16 e 20 de novembro e entrevistou 2 mil pessoas. A margem de erro é de 3%.

A pesquisa traz também a avaliação do governo e do desempenho pessoal do presidente Luiz Inácio Lula da Silva - que aumentou de 76,8% para 78,9% desde a última sondagem, em setembro. O índice de aprovação do governo federal também aumentou: de 65,4% para 70%.

Os brasileiros entrevistados falaram sobre a expectativa para 2010 e a capacidade de transferência de votos de Lula e do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso para os candidatos à Presidência da República nas eleições de 2010. Na última pesquisa, 20,8% dos entrevistados disseram que votariam no candidato a presidente da República apoiado por Lula; 31,4% poderiam votar; 20,2% não votariam e 24,6% somente conhecendo o candidato para poder decidir.

Segundo o presidente da CNT, Clésio Andrade, a ministra Dilma Rousseff começa a estimular a guerra eleitoral, crescendo nas simulações e se favorecendo da avaliação negativa da imagem do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. "O Serra cai em função do apoio do Fernando Henrique, que fala em nome dele, independente dele querer ou não. O apoio ostensivo de FHC é prejudicial", disse Andrade.

Nas simulações para as eleições de 2010, o governador de São Paulo, José Serra (PSDB), continua liderando as intenções de votos em todas as listas em que o nome dele é incluído, mas apresenta queda nos percentuais de primeiro e segundo turnos.

"Ao longo dos últimos 12 meses, Serra perdeu 15 pontos nas intenções de voto", disse Ricardo Guedes, diretor do Instituto Sensus. Na primeira lista que inclui todos os prováveis candidatos à presidência da República, José Serra aparece com 31,8%, a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff (PT), com 21,7%, o deputado federal Ciro Gomes (PSB) tem 17,5% das intenções de votos e a senadora Marina Silva (PV) apresenta 5,9%.

Brasileiro otimista:

O índice de avaliação do cidadão, com relação a percepções sobre emprego, renda, saúde, educação e segurança pública nos últimos seis meses, melhorou, passando de 45,84 pontos em maio para 47,79 em setembro.

A pesquisa CNT/Sensus também mostrou que melhorou o índice de expectativa do cidadão, que inclui expectativas sobre emprego, renda, saúde, educação e segurança pública para os próximos seis meses. O indicador passou de 69,93 para 71,95 pontos.

Ainda não foi ontem.

Tenho recebido alguns e-mail´s de amigos torcedores dos "Times do contra Flamengo" dizendo que depois de ontem o título do Brasileiro d 2009 já era.

Respondo aos companheiros que não se irritem, mas Flamengo é isso, luta, garra, vitória, sempre assim suando a camisa, mas podem ter certeza a vitória esta próxima. Uma vez Fla, sempre Fla.

Raimundo Costa

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

BLOG DO MARCOS DANTAS - RONALDO E NOVINHO JUNTOS EM 2010.

Apesar de ter anunciado rompimento, Novinho e Ronaldo dividirão o mesmo palanque e apoiarão os mesmos candidatos
Falar em Cerro Corá, os bastidores políticos têm esquentado nos últimos dias. Passou despercebido da imprensa, que o prefeito Raimundo Borges, o Novinho (DEM) viajou na semana passada à Brasília no mesmo voo com o presidente da Câmara, Ronaldo Vilar (PSDB), que anunciou rompimento com o sistema governista há alguns meses. Novinho convidou Ronaldo para juntos irem assinar o convênio para construir uma creche modelo no valor de R$ 1 milhão, emenda do deputado federal Rogério Marinho (PSDB).
E o Blog soube que além de irem juntos, jantaram juntos e também dividiram o mesmo hotel. Aliás, Novinho e Ronaldo não vão se separar no próximo ano. É que pelo menos na chapa majoritária, os dois vão apoiar os mesmo nomes: José Serra (presidente), Rosalba (governadora) e José Agripino/ Garibaldi Filho (senadores). E tem mais, uma fonte garantiu ao Blog que Novinho e Ronaldo conversaram muito sobre 2010... Em tempo, Ronaldo é sobrinho da ex-primeira-dama Terezinha e teve o apoio escancarado do ex-prefeito João Batista, o Joãozinho (PMDB), na última campanha para vereador.

Fonte: Blog do Marcos Dantas.

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Governo bloqueia quase 1 milhão de benefícios do Bolsa Família por falta de atualização

O Ministério do Desenvolvimento Social anunciou hoje que bloqueou neste mês quase 1 milhão de benefícios do Bolsa Família por falta de atualização cadastral. Os beneficiários do programa deveriam ter atualizados seus dados até 31 de outubro.
Em fevereiro, 3,4 milhões de famílias precisavam renovar as informações cadastrais. Dessas, 975.601 não tinham feito o recadastramento até 31 de outubro. São esses que terão o pagamento bloqueado a partir deste mês.
Se os dados não forem atualizados até o fim do ano serão cancelados em definitivo a partir de janeiro de 2010.
Para manter o recebimento do Bolsa Família é necessário que a família comprove renda mensal per capita de até R$ 140, mantenha os filhos na escola, tenha a agenda de saúde em dia, além de renovar o cadastro de dados.
Em nota, o Ministério do Desenvolvimento Social informa que o bloqueio do pagamento faz parte das medidas de controle do Bolsa Família;
O Bolsa Família atinge hoje 12,4 milhões de famílias em todo o país. Por mês, o governo transfere R$ 1,1 bilhão para os cadastrados no programa.

Fonte: da Folha Online

terça-feira, 17 de novembro de 2009

A Casa. O que é Legal é Moral?

É de conhecimento público que o Prefeito Municipal de Cerro Corá, Novinho(DEM), vem tentando por meios diversos se desfazer de um bem público, um imóvel situado na principal avenida do Bairro Tancredo Neves. De princípio encaminhou proposta ao Legislativo, onde doava o referido imóvel a um cidadão, por obra do destino descobriram que o sortudo era o seu “sobrinho”. A justificativa da doação pelas informações obtidas era de que seria construída uma farmácia naquele local.

Depois de sofrer várias críticas pelos Vereadores Municipais, e também o mal-estar criado no seio da população em detrimento do favorecimento familiar e conseqüentemente avaliando os prós e os contras, o Prefeito na sessão posterior da Câmara enviou mensagem retirando da pauta o Projeto de Lei.

Porém no último dia 13/11, em Sessão da Câmara Municipal de Vereadores de Cerro Corá, novamente o Prefeito reapresenta o seu Projeto de Lei, onde propõe levar a Leilão o referido bem público. Desta feita, apresentaram uma emenda ao Projeto de Lei, onde os recursos arrecadados seriam destinados especificamente para aquisição de um gerador de energia para o Hospital Maternidade Clotilde Santina. É isso mesmo, não se assustem, o nosso Hospital Maternidade não tem um gerador próprio, depende único e exclusivamente da energia convencional.

De fato o Leilão tem amparo legal, sendo um dos mecanismos que o Poder Público pode utilizar para alienar bens públicos por intermédio de licitação em casos específicos, amparados na Lei 8.666/93. Por outro lado, é importante verificar o que determina a Legislação Municipal, em que condições específicas se pode leiloar um bem público?. Com a palavra e posição os nobres Vereadores, que até bem pouco tempo eram incondicionalmente contra a alienação do imóvel.

Mas a pergunta que não quer calar é a seguinte, “o que é legal é moral?”. Pois, por mais que seja instituída a Lei por quem de direito, o Legislativo Municipal, se analisada o contexto de sua criação e de sua finalidade, a mesma nasce eivada de vício, pois nasce em descompasso com o princípio da Moralidade. Neste momento, pela trajetória histórica e insistência do Executivo Municipal em se desfazer do imóvel, abre-se precedentes para uma série de conjecturas, não salutares a coisa pública.

Visitando a Constituição Brasileira, promulgada em 1988, a Carta Magna de nosso País, em seu Art. 37, é visível que as normas de cunho moral foram incorporadas a norma jurídica brasileira, diz: “A administração pública direta e indireta, de qualquer dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios obedecerá aos princípios da Legalidade, Impessoalidade, Moralidade, Publicidade e Eficiência...”.

Portanto, se foi positivado as normas de conteúdo Moral, bane-se definitivamente essa expressão, “é imoral mas é legal”, assim qualquer ato administrativo considerado imoral, de pronto é ilegal, não procede, é nula, não tem vida, pois fere frontalmente a Constituição Federal. É importante destacar que alguns nobres doutrinadores do Direito, afirmam que “A validade de qualquer Lei ou Ato do Poder Público, tem como primeiro requisito a ser satisfeito, a sua compatibilização com a Moral”.

Trazendo a observância dos princípios ao caso em concreto, mesmo que superficialmente, percebe-se neste cenário, que o Poder Executivo infringe frontalmente princípios, como o da Impessoalidade e o da Moralidade. Pois quanto ao primeiro, é visivel que o ato do Prefeito Municipal caminha desde o princípio sem a mínima impessoalidade, não se eximindo da finalidade do ato, da imparcialidade, atua com indícios de definir previamente o resultado desejado, em benefício de alguém especificamente, e não a coletividade. No que tange ao segundo, o princípio da Moralidade, é nítido também desde o primeiro movimento para se desfazer do bem público, a postura de distanciamento dos princípios éticos da gestão da coisa pública, pois o ato arrasta em seu núcleo central o vício, a negação de qualquer referência de ética, da boa fé, pois tenta de forma cristalina beneficiar de forma direta o ente familiar.

É importante destacar que a atuação administrativa em qualquer esfera de poder, de qualquer gestor, não pode contrariar, além da Lei, a Moral, os bons costumes, a honestidade e os deveres de boa administração. Conste-se que a violação de qualquer dos princípios básicos da Administração inibe a edição de ato, contrato ou instrumento administrativo válido e capaz de produzir efeitos jurídicos. Tal violação isolada ou conjuntamente, sugere sempre o controle dos atos da Administração, seja por meio de mandato de segurança, ação popular ou ação civil pública.

Esta é a minha opinião, numa perspectiva de aprofundamento do processo democrático, do zelo pela coisa pública, acreditando que somos capazes de fazer mudanças eficientes no serviço público, pautados na ética e na boa gestão da coisa pública, sem perder de vista a finalidade básica do Estado, que é a satisfação do bem comum, do bem estar coletivo, jamais do interesse particular.


segunda-feira, 16 de novembro de 2009

Tráfico de Drogas em Cerro Corá. (Diário de Natal)

Dois são presos por tráfico no interior

Dois homens identificados como Ariomar Galdino Alves, de 26 anos e Aurimar Robson do Nascimento de 23 anos foram presos por tráfico de drogas na tarde desta segunda-feira (16), no município de Cerro Corá, localizado na região do Seridó, a 180km de Natal. Foram encontrados oito papelotes de maconha, três de crack e um tablete de maconha prensado, em um lava jato pertencente aos dois homens.
De acordo com a polícia, eles foram capturados por volta das 16h40, após denúncias anônimas de que o lava jato que fica situado na Rua Currais Novos, no Bairro de Tancredo, em Cerro Corá, funcionava como ponto e venda de drogas.
Ainda de acordo com a polícia, eles pegavam a droga fora e comercializavam na cidade. Galdino e Ariomar serão autuados em flagrante delito, sendo acusados de receptação e trafico, ficando a disposição da justiça.

Da redação do DIARIODENATAL.COM.BR

Lula diz que fome continua à margem da ação dos governos e pede maior envolvimento.

Na abertura da Cúpula Mundial de Segurança Alimentar, em Roma, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva defendeu um maior envolvimento de toda a comunidade internacional para combater a fome. O presidente afirmou que os gastos feitos pelos países ricos para socorrer seus sistemas econômicos diante da crise eram mais do que suficientes para erradicar a fome no mundo. Ele defendeu a cooperação internacional e pediu comprometimento dos países desenvolvidos no enfrentamento do problema.



A experiência brasileira e de outros países mostra que o enfrentamento do problema da fome exige, antes de mais nada, vontade e determinações políticas. Essas iniciativas permitiram ao Brasil retirar 20,4 milhões de pessoas da pobreza e reduzir em 62% a desnutrição infantil”, informou.Lula disse que historicamente os brasileiros foram excluídos da sociedade por um modelo de crescimento “que reproduzia a desigualdade”. “A economia estava organizada para atender apenas 60% dos brasileiros, deixando o restante entregue à própria sorte. Milhões de seres humanos eram visto como estorvo”, disse o presidente em seu discurso.


domingo, 15 de novembro de 2009

Estamos na Vice-Liderança... Uma vez Flamengo, sempre Flamengo...

Estamos a caminho de conquistar mais um título brasileiro. Flamengo....
Foi de 2 a 0 no Timbú...

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Recordações - Botafogo de Chico Né.


Valdir, vi que voce queria saber a escalação do Botafogo de Chico Né.

Esse time era um dos poucos que ganhava do Grêmio. 

Em pé, da esquerda para direita. Chiquinha de Manoel Severiano, a época namorada do Técnico Chico Né e hoje esposa. Chico Né (Técnico), Alcindo de Dona Neidá(Touro da Arara), João Guimarães (proprietário desta foto, pois pesquei do Orkut dele), Cícero Bufa, Geraldão, e Neto de Inácio Canário (já falecido, foi assassinado em Cerro Corá pelo Sargento Lima).

Agachados, da esquerda para direita: Eu, isso mesmo, Raimundo Costa (ropeiro), Marquinhos de Valdemar, Garrincha, Maurício(meu irmão), Dedé de Germino, Carlinhos de Inácio Canário (irmão do finado Neto), e Dódó de Cícero Caboclo.

Se não me engano, esse garotinho com a blusa levantanda é Antônio, filho do Sr. Paulo da Pedra, ele é irmão do Dida, acho que ambos moram no RJ. (Filho de Dona Dalva Passo).

Essa é para você amigo Valdir Julião,um abraço.

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

Heróis Atletas Cerrocoraenses.


Quando crianças sempre queremos e desejamos ser herói, ou até mesmo super heróis, seja o Super-Homem, Batman, Tarzan, Gim das Selvas, Zorro, e outros muitos heróis de nossos tempos de crianças que fizeram ou ainda fazem parte de nossos sonhos.
Esta semana, quando estava em Natal e acompanhava por intermédio dos blogs e outros meios de comunicação, informações sobre a inauguração de uma espaço de esporte e lazer na cidade de Goianinha/RN, Região Agreste de nosso Estado, grande produtora de cana-de-açúcar e álcool.
Ao meio de tudo isso, me chamou a atenção de uma equipe de jovens Cerrocoraenses, que sob a coordenação de Edilson de Manoel Anselmo, ou Edilson Oliveira, que como um grande técnico e defensor do esporte do nosso município nunca largou a bandeira, se deslocaram de Cerro Corá para Goianinha, com o desejo e a vontade de participar das competições naquele município.

Vendo aqueles meninos e meninas irmãos Cerrocoraenses, competindo como heróis, com vontande, ganhando provas, superando limites, batendo recordes, nos não temos a mínima dimensão de como eles treinam, das dificuldades que enfrentam e em que condições vivem, para tão bem representar o nosso município, nos enchendo de orgulho, aparecendo nas páginas dos jornais não com notícias ruins, que expõem as víceras do nosso município, mas aparecem com verdadeiros heróis, que mesmo na adversidade nos enchem de orgulho e esperança.
Muitos deles não tem nem vestes e nem tênis apropriados para prática esportiva, treinam na mais precária condição. Aqui pensando eu me pergunto será que não esta na ora do Poder Público patrocinar esses “heróis atletas”, será que não esta na ora de oferecer condições dígnas a esses jovens, que tão bem nos representa e nos orgulha.
Quando falo em patrocínio não é apenas uma ajuda eventual, não uma simples ajuda, quando falo em patrocínio é institucionalizar a prática de atividades poliesportivas, é fazer constar no planejamento do executivo municipal, é consignar recursos no orçamento público para atividades esportivas, desde recursos para infra-estrutura, material esportivo, campeonatos e bolsa de incentivos a prática de atividades esportivas e educacionais.
Eu tenho certeza que esses recursos não farão falta ao Executivo Municipal de forma alguma, muito pelo contrário, estará ajudando e muito a juventude se afastar das drogas, da degeneração social, da violência, e contribuindo de forma direta para uma juventude com saúde, educada e construindo HERÓIS.
Parabéns Edilson pela sua obstinação. Parabéns atletas heróis pela perseverança, da luta incansável em busca da vitória, da superação dos limites. Reflitam, vocês não são orgulho apenas das suas famílias, vocês são orgulho também daqueles que acreditam que mesmo na adversidade existe a esperança de ser feliz e de realização.  

Foto: Blog do Dj Aildo.

A força da Espada do Supremo Tribunal Federal (STF).

O guardião e defensor da Constituição Brasileira, o Supremo Tribunal Federal - STF, neste dia 11/11/2009, desceu com toda força a sua espada nas cabeças de inúmeros suplentes de vereadores que sonhavam em ocupar uma vaga ainda esse ano em vários municípios Brasileiros. Degola-se e enterra-se a PEC dos Vereadores.  Aqueles que desejarem ocupar uma cadeira no legislativo municipal, terão que aguardar as eleições municipais de 2012, concorrerem ao pleito, e se eleitos, com certeza ocuparão a tão almejada cadeira. 

quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Capacitação do FUMAC em Cerro Corá/RN

Em visita ao nosso querido município de Cerro Corá, participei no período da manhã do dia 10/11/09, da capacitação dos membros do Conselho Municipal do FUMAC, espaço deliberativo do Programa de Desenvolvimento Solidário - PDS ou antigo PCPR/PAPP.  Conhecido programa de combate a pobreza rural no Estado do Rio Grande do Norte, parceria celebrada entre o Governo do RN e o BIRD (Banco Interamericano para Reconstrução e Desenvolvimento), mais conhecimento pela população como Banco Mundial.

A Capacitação na Região do Seridó esta sendo realizada pelo SEAPAC/Diocese de Caicó, por intermédio de contrato celebrado entre o SEAPAC e o Governo do Estado/SETHAS, contrato este com respaldo em certame licitatório realizado pela SETHAS.

Louvável momento para realizar essa capacitação, pois é visível a deficiência desses Conselhos Municipais, desarticulados de outros espaços de gestão de políticas públicas, além de só se reunirem para deliberarem pela aprovação de Projetos, e não numa perspectiva de pensar o desenvolvimento do município.

Deixo aqui minhas saudações a todas as entidades e pessoas que participaram do evento.  Faço referência em destaque ao companheiro Procópio Lucena, lutador incansável pelo desenvolvimento da Região do Seridó.

Foto: Pôr do Sol - Descida da Serra de Santana. (10/11/2009)

terça-feira, 3 de novembro de 2009

E o direito do Consumidor? (Súmula 404 STJ).


Uma das grandes conquista da Sociedade Brasileira, no equilíbrio das relações entre fornecedores e consumidores finais, foi a criação do Código de Proteção e Defesa do Consumidor. (Lei no. 8.078, de 11 de setembro de 1990).
Uma das seguranças na relação de mercado acaba de ser estrangulada, vejamos que a 2ª Seção do Superior Tribunal de Justiça – STJ, após julgar Recurso Repetitivo, decidiu incluir em súmula vinculante o entendimento daquela corte sobre a desnecessidade de envio de comunicação de negativação de consumidor por intermédio do Aviso de Recebimento. (AR). O enunciada recebeu a seguinte redação: “É dispensável o Aviso de Recebimento (AR) na carta de comunicação ao consumidor sobre negativação de seu nome em banco de dados e cadastro”.
Particularmente vejo nesta súmula um retrocesso aos direitos e conquistas da sociedade. O AR era na verdade uma garantia para o consumidor de que ele estaria recebendo uma informação, acerca da sua ficha, do seu cadastro em órgãos como SPC, SERASA, oportunizando inclusive que após a sua notificação o mesmo adotasse conhecimento e tomasse providencias em sua defesa, permitindo assim o direito de defesa, do contraditório.

Da forma como fica estabelecida na Súmula 404 STJ, abole-se esse direito e sim protegendo apenas o fornecedor, que encontra guarida no simples ato do envio da correspondência, pura formalidade, incluindo se for o caso o nome do consumidor em banco de dados negativos, sem nem ao menos saber se de fato aquele cidadão recebeu tal correspondência.

Como consumidor, faço votos de que o STJ altere o entendimento daquela corte acerca do tema constante da Súmula 404. É esse o desejo.

domingo, 1 de novembro de 2009

A onda da reeleição nos Legislativos Municipais. Minha opinião.

Afirmo que essa legislatura da Câmara Municipal de Cerro Corá é uma das que mais acompanhei, mesmo que um pouco distante. Mas graças a internet essa distancia encurta-se. Muitos fatos políticos aconteceram, acho que durante muitos anos o Executivo Municipal, não governava com a minoria na Câmara Municipal de Cerro Corá. Pois o Vereador Ronaldo Vilar(PSDB), eleito no mesmo palanque do DEM, vem fazendo uma competente articulação como Presidente da Câmara, e tem trazido para o campo da oposição, mesmo que pontualmente, alguns vereadores da base de sustentação do Prefeito Municipal – Novinho (DEM).

Desejo aqui fazer uma breve consideração acerca do que penso sobre o processo de reeleição para mesa Diretora do Legislativo Municipal de Cerro Corá. Friso que minha opinião independe de partido ou de quem esteja a frente da mesa diretora da Câmara Municipal.

No caso específico de Cerro Corá, destaco que no início da discussão acerca da alteração do Regimento Interno da Câmara Municipal de Vereadores, a principal pilastra de sustentação da tese da alteração, era numa perspectiva de “deixar aberta a possibilidade da reeleição”. Era essa a linha de defesa daqueles que defendiam a reeleição. Até que no último dia 30/10/2009, foi reeleita a mesa Diretora para o Biênio 2011/2012, indo por terra a tese do apenas “deixar aberta a possibilidade da reeleição” e concretizando-se na verdade a continuidade de um mandato.

Uma das particularidades do Poder Legislativo é a sua diversidade, é plural, é colegiado, é o espaço do diverso. Temos na Câmara Municipal a representação de vários partidos, de mandatos partidários representados pelos Vereadores e Vereadoras. É justamente ai onde reside a diferença entre a reeleição no Executivo e no Legislativo. Essa pluralidade do Legislativo nos leva a um debate de idéias, de posições na condução daquela casa, oportunizando a outros a possibilidade de conduzir esse importante espaço de poder, por essa sua especificidade, enquanto que o Poder Executivo em si, é solitário. Essa alternância de Poder na mesa do Legislativo é algo tão importante, que no próprio texto Constitucional, diz que as mesas da Câmara Federal e do Senado da República terão mandato de dois anos, vedada a reeleição para o mesmo cargo na eleição subseqüente. Esse constar não é apenas determinação de um período, mas sim um instrumento pedagógico de estímulo as mudanças, a alternância, a participação, pois se assim não o fosse, não necessitaria constar, bastava definir igual prazo de mandato da mesa aos mandatos dos respectivos parlamentares, Vereadores, Deputados e Senadores.

Sou adepto das mudanças e defensor, das transformações, porém realizadas de forma que não pairem sobre as mesmas dúvidas de estar legislando em causa própria. De fato, por concepção sou defensor da tese de que no legislativo o processo de reeleição para Presidência da mesa Diretora não deveria existir. Pois, por mais que alguém possa argüir de que “estou fazendo um excelente trabalho e por isso temos que continuar”, essa continuidade tende naturalmente a criar vícios indesejáveis, e que em nada contribuem para o Legislativo. Enquanto que o processo de alternância do Poder, vem ajudar a construir e consolidar a democracia, e consequêntemente fortalecer a Câmara Municipal, os Partidos Políticos e os mandatos dos nobres Vereadores.

sábado, 31 de outubro de 2009

Flamego, sempre Flamengo!!!

Linda vitória do Flamengo sobre o Santos.  Estamos no G4.

terça-feira, 27 de outubro de 2009

Fundação Banco do Brasil assina Convênio com a Associação do PA São Francisco em Cerro Corá/RN.

Nesta sexta-feira próxima passada, dia 23/10/09, a Fundação Banco do Brasil, por intermédio da Agencia do Banco do Brasil, e a Associação do Projeto de Assentamento de Reforma Agrária São Francisco, assinaram Convenio no valor de R$ 203.431,03 (duzentos e três mil, quatrocentos e trinta e um reais e três centavos), é o Projeto de 9.160 da FBB. O Convenio tem como objeto a alocação de recursos para o desenvolvimento do CENTRO DE REFERENCIA DE PRODUÇÃO E GESTÃO INTEGRADOS DA AGRICULTURA FAMILIAR – CRIAF. A Associação estará aportando a contra partida de 93.041,30 (noventa e três mil, quarenta e um reais e trinta centavos), que será incorporada por outras fontes.


A proposta do CRIAF é contribuir para a abertura de novos horizontes e oportunidades para as famílias de agricultores familiares assentadas daquela área, através da estruturação, operacionalização e gestão de sistemas produtivos agropecuários, agroindustriais, comerciais e de serviços, utilizando métodos socialmente justos, economicamente viáveis e ambientalmente sustentáveis, por meio da organização social, econômica e ambiental das famílias, em unidades produtivas geridas individual ou coletivamente.


Considero um grande momento de oportunidade para as famílias assentadas, pois estão recebendo um considerável investimento na infra-estrutura do Assentamento, que permitira com certeza avançar no desenvolvimento das famílias e do assentamento, transformando-o em um modelo de referencia na região. Essa parceria entre a SRA/MDA/FBB e a Associação foi de fundamental importância para se chegar a esse momento, destaco a tempestividade e colaboração do INCRA-RN na pessoa do seu Superintende Paulo Sidney e sua equipe pelo apoio que vem dispensando a essa importante iniciativa.

Logo estaremos inaugurando, e a nossa esperança é que seja um empreendimento que a comunidade continue se apropriando cada vez mais, pois é nosso papel, promover um desenvolvimento emancipatório, que ajude as comunidades rurais a terem autonomia plena na implementação e gestão dos seus empreendimentos.

Espaço de Democracia e aprendizado.


Na noite do último dia 23 de Outubro de 2009, em virtude da assinatura do Convênio entre a Associação do Projeto de Assentamento de Reforma Agrária São Francisco e a Fundação Banco do Brasil, no referido Assentamento participei naquela comunidade de uma Sessão Itinerante do Poder Legislativo do Município de Cerro Corá, inclusive com a participação do Poder Executivo Local, por intermédio da presença do Prefeito Municipal.

Naquela oportunidade para qualquer pessoa atenta, presenciamos um exemplo concreto do avanço da democracia no País. Faça-se justiça, primeiro pela decisão da Mesa Diretora da Câmara em realizar as Sessões nas Comunidades rurais, junto a inúmeros agricultores, homens, mulheres, crianças e segundo, pelo exercício da democracia e da cidadania, onde os nobres vereadores, investidos pelo poder outorgado pelo povo, se manifestaram em defesa dos seus requerimentos e alguns na defesa do Poder Executivo.


Na oportunidade pode-se observar a revelação da função do Legislativo e do Executivo, pois, não foram poucos debates, as críticas e pedidos dos Vereadores ao Executivo Local, onde ambos faziam suas defesas, suas justificativas pautadas no respeito das idéias, no debate sadio, transformando aquele local singelo ao ar livre em uma “arena de democracia e aprendizado”.




quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Mulheres e Direitos (Lei 11.804 – Pensão Alimentícia Gravídica)

Tenho publicado aqui neste espaço algumas informações no que se refere ao Direito. Um dos últimos texto foi sobre a Lei Maria da Penha, a qual estabelece um série de proteções as mulheres vítimas de violência.


Porém, é constatado que as mulheres e boa parcela da sociedade não saibam da existência da Lei 11.804, de 5 de novembro de 2008. Essa Lei foi denominada LEI DA PENSÃO GRAVÍDICA, ampliando ao meu entender Lei da Pensão Alimentícia, não restringindo-se ao pós parto e sim ao período de gestação da mulher, desde a concepção ao nascimento com vida.


A Lei disciplina o direito a alimentação da mulher gestante. Os alimentos de que trata a referida a Lei compreenderão os valores suficientes para cobrir as despesas adicionais do período de gravidez e que sejam dela decorrentes, da concepção ao parto, inclusive as referentes a alimentação especial, assistência médica e psicológica, exames complementares, internações, parto, medicamentos e demais prescrições preventivas e terapêuticas indispensáveis, a juízo do médico, além de outras que o juiz considere pertinentes.


Um aviso aos desprevenidos e que se assustam ao ver o avançar dos direitos das mulheres. Geralmente a concessão do direito à pensão alimentícia e gravídica,é concedida pelo Juíz em 24 horas após requerida. Mas não se assuste, todo futuro pai, no caso réu, será citado e terá cinco dias para apresentar resposta.

terça-feira, 20 de outubro de 2009

Cirurgia no corredor do Hospital no Município de Cerro Corá/RN.


Hoje pela manhã, quando acessei alguns Blogs para uma visita costumeira para fazer leitura dos acontecimentos, me deparei no BLOG DO EVILÁSIO com uma chamada interessante, SAÚDE PODE MATAR!!!.


Continuei com a leitura, descobrindo que o mesmo estava denunciando um caso de polícia. Vejam só, que em virtude da falta de energia no município de Cerro Corá, e como o único hospital não tem um gerador para suprir as eventuais necessidades, o Vereador foi informado que realizaram “procedimento cirúrgico” no corredor do Hospital Maternidade Clotilde Santina.


É bom salientar que essa prática é tão grave quanto a uma tentativa de homicídio, um atentado contra a vida, pois, põe em risco de forma inescrupulosa a vida de pessoas. É assustador também como profissionais médicos se prontificam a fazer um trabalho de forma tão irresponsável.


O Executivo Municipal mesmo sendo conhecedora desse grave problema, até o momento, parece-me que nada fez para sanar tamanha aberração. O Ministério Público como advogado da sociedade, bem que poderia em nome da coletividade propor uma Ação Civil Pública, para esse caso.

domingo, 18 de outubro de 2009

As perdas com o desperdício do Lixo.

Em recente palestra na Universidade de Brasília – UnB, o Professor Sebatei Calderoni, Presidente do Instituto Brasil Ambiente e Consultor da Organização das Nações Unidas, diz que o Governo Brasileiro desperdiça algo em torno de 17,8 bilhões de reais pelo não aproveitamento de resíduos. (Lixo Urbano) Os cofres públicos e a sociedade perdem pela inexistência de uma ação voltada para o devido tratamento dos resíduos.

Ele afirma que será preciso muita vontade política e bom senso das autoridades brasileiras para compreenderem que o tratamento adequado não é só um problema ambiental. É tão social quanto e merece toda atenção, especialmente quando estão em jogo somas exorbitantes de desperdícios.


Os números: 52% do lixo produzido no Brasil são originários da construção civil; 34% das residencias e 14% da poda de árvores. Ele cita que em Brasília/DF, com 2,5 milhões de habitantes, poderia ser arredado R$ 200 milhões e geraria 2 mil postos de trabalho. Brasília apenas 0,01% do lixo é reaproveitado.


Isto é, o lixo não é um problema quando tratado adequadamente, pois pode gerar emprego e renda, além de contribuir com a preservação do meio ambiente.

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Governo lança sistema de gestão integrada para municípios:


Os municípios brasileiros terão à disposição um software público capaz de gerenciar em um único sistema as principais áreas da prefeitura. Trata-se do e-cidade, desenvolvido para integrar áreas diversas do município como educação, controle de medicamentos, orçamento, finanças públicas, recursos humanos e tributária. A solução também permite gerir serviços que prestam atendimento ao cidadão ao gerar guias para pagamento bancário sem a necessidade de deslocamento. Todas as prefeituras poderão acessar a ferramenta e-cidade, que será lançada e disponibilizada gratuitamente no Encontro Nacional de Tecnologia da Informação para os Municípios Brasileiros. O evento será promovido pelo Ministério do Planejamento, nos dias 27 e 28 de outubro, no Centro de Convenções Brasil 21, em Brasília.

O Encontro é direcionado a prefeitos, secretários, gestores e técnicos municipais que atuam na área de Tecnologia da Informação. O objetivo é debater o potencial das Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs) na melhoria da gestão municipal e no oferecimento de serviços virtuais para qualificar o atendimento ao cidadão. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas no endereço www.softwarepublico.gov.br/4cmbr


A liberação do e-cidade é fruto de uma parceria entre a empresa Dbselller e a Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação (SLTI) do Ministério do Planejamento. Entre as suas funcionalidades estão a autorização, emissão e liquidação de empenhos totalmente integrados ao processo de aquisições e emissão de notas fiscais.


O e-cidade também integra os módulos de compras com os almoxarifados, registra a prestação de contas e gerencia procedimentos como pagamentos de diárias e de restos a pagar. Possibilita o controle dos imóveis, das obras executadas e da dívida ativa do município, além da consulta a processos administrativos. E administra ainda as informações relativas ao Plano Plurianual (PPA), Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e Lei Orçamentária Anual (LOA), entre outros.


A solução já está em funcionamento em 15 municípios brasileiros e será disponibilizada no Portal do Software Público Brasileiro (www.softwarepublico.gov.br). No local, há um ambiente direcionado ao apoio tecnológico para os municípios, o 4CMBr – Colaboração, Comunicação, Conhecimento e Compartilhamento -, que já disponibiliza outros softwares para a gestão municipal em www.softwarepublico.gov.br/4cmbr


O titular da SLTI, Rogério Santanna, salientou que a redução de custos é apenas um dos benefícios propiciados pela iniciativa “Não é só economia do ponto de vista do livre acesso a esses aplicativos de software, mas também pela melhoria da qualidade da gestão pública”, destacou. Santanna disse que os programas já são testados e que podem ser utilizados pelos municípios evitando o desperdício do dinheiro público e aumentando a eficiência da gestão.


“Quem ganha é o cidadão com a melhoria da qualidade dos serviços e com a presteza do atendimento por parte das prefeituras”, ressaltou. O secretário lembrou que o Portal do Software Público Brasileiro permite o compartilhamento das soluções e práticas bem-sucedidas nas prefeituras brasileiras e no Governo Federal.


No endereço http://www.softwarepublico.gov.br/4cmbr/xowiki/divulgacao_encontro estão disponíveis a entrevista do secretário à TV NBR do Governo Federal e à Voz do Brasil sobre o tema.

Consulta pública

A exemplo do e-cidade, outras empresas privadas, órgãos públicos, universidades, centros de pesquisas e entidades privadas sem fins lucrativos podem compartilhar suas soluções no Portal do Software Público Brasileiro. Para isso, a SLTI solicita que os interessados encaminhem propostas de softwares para a gestão de tecnologia da informação aplicáveis ao setor público.

Serão aceitas propostas de software de gestão de tecnologia da informação que estejam em produção em pelo menos um ente público. Os interessados devem encaminhar as informações pelo endereço  https://www.consultas.governoeletronico.gov.br/ConsultasPublicas/andamento.do?acao=confirmarPesquisaAndamento.

A consulta pública estará aberta até às 24h do dia 14 de novembro. Os comentários, pedidos de esclarecimentos e propostas também podem ser enviados pelo endereço eletrônico guialivre@planejamento.gov.br.


Também serão consideradas as contribuições encaminhadas por carta registrada até o dia 13 de novembro de 2009, para o seguinte endereço: Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão; Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação, Esplanada dos Ministérios, Bloco C, Sobreloja, Sala 133, 70046-900 - Brasília – DF.

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Lei Número 11.340/06 - Lei Maria da Penha.



No dia 7 de agosto de 2006, foi criada a Lei 11.340, ou como ficou conhecida, Lei Maria da Penha. Para os movimentos feministas uma grande conquista, bem como para as entidade laborais que lutam cotidianamente por uma sociedade mais justa e humanizada.


A Lei Maria da Penha completou tres anos de existência neste ano de 2009. Importante instrumento jurídico que visa criar mecanismos para coibir e prevenir a violência doméstica e familiar contra a mulher, nos termos do parágrado 8 do artigo 226 da Constituição Federal, da Convenção Interamericana para Prevenir, Punir e Erradicar a Violência contra a Mulher e de outros tratados ratificados pela República Federativa do Brasil.


É importante fazermos um destaque da relevância da Lei Maria da Penha, enquanto instrumento a ser utilizado na luta permanente pela erradicaçao da violencia contra a mulher, que apesar de todos os esforços da sociedade organizada e do próprio governo, esse tipo de violência ainda acontece e muitas vezes são tolerados no meio familiar.


Assim, eu acredito que as entidades feministas, os movimentos sociais, a família e a sociedade como um todo, tem um importante papel na divulgação e utilização da Lei Maria da Penha, quando necessário, pois, desse modo estaremos tirando do papel esse importante instrumento legal em prol das mulheres vítimas de agressão física, psicológica e moral. Vamos construir um mundo mais igual e feliz.


quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Uma viagem ao passado, Cerro Corá-Natal via São Tome.


No último dia 5 de outubro do corrente ano realizei uma viagem que há vários anos não fazia. Saímos de Cerro Corá rumo a Natal via São Tomé, eu e minha mãe Dona Maria. Por volta das 13:30 horas, daquela ensolarada segunda-feira, foi quando lembrei que alguém tinha me informado no dia anterior, que a “estrada de São Tomé” estava boa, quase asfalto, “Raimundinho, passaram as máquinas e qualquer carro chega a São Tome, e de lá pra Natal é um pulo”.


Pois bem, saímos no sentindo bairro Tancredo Neves, onde logo após o cruzeiro entramos na estrada de São Tome, passando por aquela estrada de barro nos vem a memória de quando adolescente as novenas do mês de Maria e também de São João no Sítio Arisco. E seguimos cortando chão, deixando para trás bastante poeira Chegamos logo na descida do “Açude do DNOC`s” onde guardo recordações de pescarias, para logo em seguida rumarmos em busca dos abismos de serras para se chegar ao Açude do Pinga, com sua vasta extensão de água e profundidade, não foi possível ir até a parede e ver ao fundo a Ilha do Sossego, muito conhecida em nosso município.


Já passado algum tempo, seguimos em frente já em terras de São Tomé, onde passamos pela tradicional comunidade do Ingá de Santa Luzia, pela Comunidade da Roça, local onde em tempos de outrora tive a oportunidade de ir jogar bola em campo de chão batido, muito bom por sinal, neste momento me veio a memória a família do saudoso José Expedito da Silva, ex-presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de São Tomé e ex-Tesoureiro da Federação dos Trabalhadores na Agricultura – FETARN, o qual falava com muito orgulho da sua Roça. Tive a oportunidade trabalhar com ele, bom homem, bom pai, pessoa honesta.


No mesmo trecho, passamos duas vezes pelo leito do Rio Potengí, bastante largo com muita areia e água, resquícios ainda das chuvas que caíram nas cabeceiras das serras, da Serra de Santana, do pé da Serra onde é nascente esse importante rio, que nasce em nosso querido e amado município de Cerro Corá. Daí para frente entre subidas e descidas, curvas e retas, de longe avistamos a torre da igreja da cidade, de cores amarela e branca, viajamos mais um pouco e chegamos a São Tome, o qual tem como Padroeira Nossa Sra. da Conceição, comemorado no dia 8 de dezembro. A esquerda da entrada da cidade existe uma estrutura física das usinas de esmagamento de caroços de algodão, cultura de importância econômica em outras épocas na região e no RN, o algodão mocó de fibra longa.


Foram aproximadamente 37 Km de muitas conversas com a minha mãe, o que tornou a viagem ainda mais agradável, parece até que o relógio do tempo pára, nos deixando percorrer aquelas estradas e apreciar as paisagens, longe das preocupações do cotidiano e nem da pressa de chegar, a sensação é de leveza, de bem estar, boas recordações e de uma saudade danada dos tempos de outrora.


Natal/Brasília/DF, 6 de outubro de 2009.


Raimundo Costa

Assentamento São Francisco em Cerro Corá/RN.




"Parabenizo todas as famílias do Projeto de Assentamento São Francisco, que festejam no período de 04 a 24 de outubro, a Festa do seu Santo Padroeiro São Francisco".




terça-feira, 13 de outubro de 2009

A força da Agricultura Familiar Brasileira, revelada pelo IBGE.


Um dos maiores desejos dos segmentos de representação da agricultura familiar brasileira foi realizado. O IBGE acaba de fazer um raio "x" do segmento, o Censo Agropecuário 2006, e os números estão surpreendendo muita gente.
Vejam os números:
O setor emprega quase 75% da mão-de-obra no campo e é responsável pela segurança alimentar dos brasileiros, produzindo 70% do feijão, 87% da mandioca, 58% do leite, 59% do plantel de suínos, 50% das aves, 30% dos bovinos e, ainda, 21% do trigo consumidos no país.
Foram identificados 4.367.902 estabelecimentos de agricultura familiar que representam 84,4% do total, (5.175.489 estabelecimentos), mas ocupam apenas 24,3% (ou 80,25 milhões de hectares) da área dos estabelecimentos agropecuários brasileiros. Esse quadro ainda revela a concentraçao de terra no Brasil. Outro dado importante é o tamanho médio da áreas familiares, que em média se apresenta com 18,37 ha, e a dos não familiares com 300,18 ha.
Apesar de ocupar apenas um quarto da área, a agricultura familiar responde por 38% do valor da produção (ou R$ 54,4 bilhões) desse total. Mesmo cultivando uma região menor, a agricultura familiar é responsável por garantir a segurança alimentar do país gerando os produtos da cesta básica consumidos pelos brasileiros.
O valor bruto da produção é de R$ 677 por hectare/ano.A cultura com menor participação da agricultura familiar foi a soja (16%). O valor médio da produção anual foi de R$ 13,99 mil. Outro resultado positivo apontado pelo Censo é o número de pessoas ocupadas na agricultura: 12,3 milhões de trabalhadores no campo estão em estabelecimentos da agricultura familiar (74,4% do total de ocupados no campo). Ou seja, de cada dez ocupados no campo, sete estão nesta atividade que emprega 15,3 pessoas por 100 hectares. O Censo também revela que dos 4,3 milhões de estabelecimentos, 3,2 milhões de produtores são proprietários da terra. Isso representa 74,7% dos estabelecimentos com uma área de 87,7%.
Parabéns ao Instituto Brasileiro de Geografia e Estatistica, e em especial a AGRICULTURA FAMILIAR BRASILEIRA, por contribuir de forma direta com a economia de nosso País, gerando ocupação e renda no meio rural Brasileiro.
Fontes: Em questão/09-10-09.
Ministério do Desenvolvimento Agrário-MDA.
Censo Agropecuário Brasileiro 2006.

Mensagem:

- Aceitar o passado e as circunstâncias da vida que não podemos mudar traz enorme alívio e paz de espírito. Cada dia é um novo começo. E cada dia nos dá oportunidade de olhar para a frente com esperança, nos afastando de tudo aquilo que nos faz mal.



A cada dia um novo começo/Karen Casey - Sextante, 2007.

O Blog Raimundo Costa

Prezad@s,

Estamos em fase de conclusão do layout do Blog RAIMUNDO COSTA. Logo estaremos postando informações e opiniões sobre diversos temas, como, política, economia, justiça e outros.

Abraço.

Raimundo Costa

Seguidores